2 Alise os cabelos sem botar a sua saúde em risco



Substituto do formol para alisar cabelos também faz mal à saúde



Ninguém precisa ser especialista em cabelo para saber que o formol faz mal à saúde. Depois de tanto se falar nos perigos dessa substância, os salões passaram a fazer alisamento usando outro produto químico, o glutaral aldeído. O problema é que o substituto é... dez vezes mais forte que o formol! Essa substância é tão tóxica que costuma ser usada para esterilizar instrumentos médicos, alerta Maria Fernanda Gavazzoni, diretora da Sociedade Brasileira de Dermatologia. O contato com o glutaral pode causar câncer, cegueira e queimaduras. Para ter cabelos lisos, sem colocar a saúde em risco, basta tomar alguns cuidados.

Evite ciladas no salão

. As soluções liberadas para o alisamento de cabelo são: hidróxido de sódio, hidróxido de cálcio, hidróxido de guanidina e produtos à base de tioglicolato. Leia atentamente a embalagem dos produtos e desconfie de alisamentos muito rápidos e baratos.

. Peça ao cabeleireiro para fazer a mistura na sua frente e veja se a embalagem tem o carimbo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

. Não se iluda com o perfume: rosas, morangos e chocolates não são capazes de alisar os fios.


Por que o glutaral aldeído é perigoso?

Por que o glutaral aldeído é perigoso? . É um conservante parecido com o formol, usado na desinfecção hospitalar e esterilização de instrumentos médicos contaminados por vírus.

. De uso restrito, ele é tão forte que os profissionais que o manipulam devem usar roupas especiais e máscara contra gases químicos.

. Nos salões, o glutaral é aquecido pelo uso da chapinha, exalando um gás venenoso. Os danos são irreversíveis.


Perigos do alisamento com glutaral aldeído

Os sintomas da intoxicação pelo glutaral aldeído podem surgir durante a aplicação do produto ou logo depois. Abrir a porta ou a janela do ambiente, para dissipar o cheiro forte, não elimina o perigo, explica Maria Fernanda Gavazzoni. E não são apenas as clientes que sofrem os efeitos nocivos: os danos são ainda mais devastadores para o profissional que aplica a química. Veja as áreas mais afetadas pela substância:

Descamação, coceira e queimaduras de até terceiro grau. Detalhe: no lugar da queimadura, o cabelo não volta a nascer!

Garganta e pulmões

Falta de ar, tosse, catarro e rouquidão, além de bronquite.

Cérebro

Problemas de fala e movimento, perda de memória e falta de coordenação motora.

Nariz

Perda de olfato e irritação da mucosa.

Olhos

Irritação, conjuntivite e cegueira momentânea.



Fonte: Site M de Mulher

2 comentários:

Seliana disse...

Nossaaaa....
Eu nunca tinha ouvido falar nesta fórmula... fikei assustada!!!
Eu sempre uso mesmo o formol mesmo sabendo que faz mal a saúde.... mas uso só produtos manipulados que têm regoistro na Anvisa!
Bjus

Wadylla disse...

Meu Deus que coisa horrível ...eu acho que uma pessoa que é realmente um cabeleireiro profissional não é capaz de usar um protudo assim que ao ivés de ajudar prejudica as clientes..por isso é sempre bom conhecer bem o salão que frequentamos e fazer bastante perguntas sobre o que estão usando no nosso precioso cabelinho ..já pensou ficar careca por causa de um troço desses ?!

Página Anterior Próxima Página Home
 

Copyright © 2011 Blue Jeans! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger